Raquel Barreira
 

Gente louca


Raquel Barreira

Singer
 

Ás vezes sentimo-nos como um turista, numa terra desconhecida….Ponho-me a observar a multidão e por vezes acho que nos esquecemos de nós próprios, de que existimos, e de que temos a faculdade de comunicar uns com os outros…ou não ?…Lá está. Não sei se é sempre assim. Sinto que a gente, na rua não desperdiça minutos do seu precioso tempo para abrandar, respirar e olhar à sua volta, soltar gargalhadas de livre espontâneadade …Pena. Tantas vezes que já fiz isto…sim , porque espontânea sei que sou, mas a sociedade de hoje, que me rodeia e da qual também faço parte, é consumista e estressada, quase que nem dá tempo para tomar um cafézinho na esplanada… Quase como que um contar de um « clic..clic…clic …clic…- Depressa são horas ! ». Não pode ser. Que loucura. Se não me der um bocadinho do seu tempo, então quem vai dá-lo por si ?. Bom mas, pelos vistos arranjou agora um tempinho para olhar para mim…Vê ! Não custou nada. Ah..ah..Obrigado e até breve !

Don’t you sometimes feel like a tourist in a foreign land?….. I like to watch the crowd and sometimes I think we forget that we have the ability to communicate with each other easily or … not anymore? … There it is. I don’t know if it’s always like this, but I feel that the people on the streets, do not waste precious minutes of their time to slow down, breathe and look around, and release a free spontaneous laughter … Too bad. I’ve done it so many times… But today’s society that surrounds me (and I am part of it) is more and more consumerist and stressed…Do people have time to take a simple cup of coffee on the terrace ?…Almost as if U are constantly listening or programmed with a “clic .. clic… clic… clic …- Hurry up it’s time! ‘. Unbelievable. INSANE! Give me a little of your time, if not, who will? Apparently now you got a little time to look at me … You see! – It did not cost anything. Ah .. ah .. Thank you and see you soon!

Comments

  1. Sérgio Mendes says

    concordo plenamente contigo, eu que conduzo todos os dias no meio de Lisboa sei bem como as pessoas andam stressadas sempre a correr para ir a algum lado ou então andam apressadas e já nem se apercebem hehe